A Quinta Disciplina

    “É vital que as cinco disciplinas se desenvolvam como um conjunto. Isso é desafiador, pois é muito mais fácil integrar novas ferramentas do que simplesmente aplicá-las separadamente. (…)

    Por isso o pensamento sistêmico é a quinta disciplina, aquela que integra as outras, fundido-as em um corpo coerente de teoria e prática. (…) Sem uma orientação sistêmica, não há motivação para analisar as inter-relações entre as disciplinas. Ampliando cada um das outras disciplinas, o pensamento sistêmico nos lembra continuamente que a soma das partes pode exceder o todo. (…)

    (…) o pensamento sistêmico torna compreensível o aspecto mais sutil da organização que aprende – a nova forma pela qual os indivíduos se percebem e ao seu mundo. No coração da organização que aprende encontra-se uma mudança de mentalidade – em vez de nos vermos como algo separado do mundo passamos a nos ver conectados a ele; no lugar de considerar problemas como causados por algo ou alguém ‘lá fora’ enxergamos como nossas próprias ações criam os problemas pelos quais passamos. Uma organização que aprende é um lugar em que as pessoas descobrem continuamente como criam a sua realidade. E como podem mudá-la.”– Quinta Disciplina

      Esta entrada foi publicada em Oráculo e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

      Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>